domingo, 26 de novembro de 2017

TVI Vídeos

AGORA VAI? Escândalo FIFA pode ter desfecho ruim para a Globo na justiça brasileira

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, encaminhou para o Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro as três representações do PT, PDT e PSOL contra a Globo e o presidente do grupo, Roberto Irineu Marinho.

Os partidos pedem que o grupo seja investigado pelos crimes contra a ordem tributária e lavagem de dinheiro, decorrentes do suposto pagamento de suborno em contratos para a transmissão de eventos esportivos.

As representações foram feitas com base na denúncia de que a empresa teria subornado a Fifa para fraudar concorrência e firmar contratos para a transmissão das Copas do Mundo de 2016 e 2030.

O empresário argentino Alejandro Burzaco disse à Corte Judicial de Nova York, no processo que envolve ex-dirigentes da Fifa, Conmebol, CBF e outras federações acusados de receber propina para subfaturar a venda de direitos de transmissão de eventos esportivos.

No Rio, a procuradoria vai decidir se abre investigação sobre o caso. A emissora nega irregularidades e disse que não pode comentar o assunto por não ter sido notificada ou informada oficialmente.

Burzaco disse que além da Globo, a Fox Sports, Televisa, Media Pro, e a empresa Traffic, do brasileiro J. Hawilla, sócio da Globo, também pagaram propina por direitos de transmissão de jogos.

“Embora a corrupção privada ainda não seja crime no Brasil, a investigação dos fatos narrados por Burzaco se justifica na medida em que pode revelar a prática de outras condutas tipificadas pela legislação penal brasileira, em especial, crimes tributários, crimes contra a ordem econômica, lavagem de dinheiro e crimes concorrenciais”, argumentaram os partidos na denúncia feita à PGR.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) também foi acionado pelos partidos, que pediram para a Globo ser investigada por suposto crime de ordem econômica, ao dificultar a participação de outras emissoras no processo de concorrência.
SAIBA MAIS SOBRE ISSO:
TVI Vídeos

RACISMO: Socialite ataca filha de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank: “Macaca horrível”

Em pleno século XXI, temos que lidar com situações constrangedoras do tipo de uma em que a socialite Day McCarthy protagonizou neste fim de semana. Ela utilizou seu perfil no Instagram para atacar Titi, a filha adotiva de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank. Com comentários racistas, McCarthy tentou fazer uma comparação entre sua suposta beleza e a da garotinha que tem apenas 4 anos. Vale lembrar que foi esta mesma socialite que detonou a filha de Ticiane Pinheiro e Roberto Justus em uma outra ocasião.

“Eu queria entender os falsos, os puxa-sacos, que me criticam pela minha aparência, por eu não ter olhos azuis, cabelo liso e nariz bonito como a sociedade impõe esse tipo de beleza, mas ficam lá no Instagram do Bruno Gagliasso elogiando aquela macaca, a menina é preta, com o cabelo horrível de pico de palha e tem um nariz de preto horrível e o pior é que todo mundo fala que a menina é linda“, disse ela, que foi massacrada pelos seus seguidores e teve que apagar seu perfil para evitar de continuar sendo linchada virtualmente.



SAIBA MAIS SOBRE ISSO:

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

TVI Vídeos

SAIBA MAIS: Monick Camargo é acusada de racismo após comentário e irrita a web

Monick Camargo provocou a internet ao soltar um comentário malicioso na noite de quarta-feira (22/11). Repletas de preconceito, as palavras da peoa fizeram com que internautas incentivassem um mutirão de votação contra ela na Roça, onde compete contra Monique Amin.

Monick e Flávia Viana estavam sentadas no sofá da sede no momento em que a primeira, analisando as pernas, disparou: “A minha [perna] está parecendo daquelas ‘nega’. ‘Nega’ que não passa creme, perna preta com um negócio branco”. Flávia, sem perceber o comentário, informou que Matheus tinha creme para as pernas.





SAIBA MAIS SOBRE ISSO:

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Admin

BATE BOCA: ‘Sem moral que pegou político’, diz Lívia Andrade a Patricia Abravanel


“Ela só sabe pegar velho rico”, afirmou a filha do dono da SBT, que foi rebatida imediatamente pela outra competidora

Lívia Andrade e Patricia Abravanel protagonizaram uma polêmica no Jogo dos Pontinhos, neste domingo (19). As famosas deixaram a brincadeira de lado e começaram a discutir, com direito a ofensas diretas.

A filha de Silvio Santos, ao ser provocada pelo pai, começou a falar mal do relacionamento da outra competidora. “Ela só sabe pegar velho rico”, afirmou, ao ser rebatida imediatamente por Lívia: “A sem moral que pegou o político que namorou um monte de famosas e quer falar do meu marido que ela nem sabe quem é?”, rebateu, em referência ao casamento de Patricia com Fábio Faria.

Ela ainda aproveitou para mandar uma direta para Abravanel: “Nunca dependi de homem ou marido pra bancar ou pagar as minhas contas. Independentemente de ele ter dinheiro não muda nada na minha vida, muda na dele”.
SAIBA MAIS SOBRE ISSO:
Admin

NO DOMINGO: Globo surpreende e boicota estreia da novela Apocalipse da Record

Cenas foram comparadas pelos internautas (Fotos: Reprodução)

O primeiro capítulo da novela Apocalipse será marcado pela chegada de um tsunami. Ele acontecerá em uma cena da primeira fase da trama, anunciando os últimos tempos no mundo, como uma das catástrofes anunciadas na bíblia.

Nas primeiras imagens divulgadas da sequência, entretanto, os internautas apontaram semelhanças com as imagens do filme O Impossível. Elas mostram pessoas se divertindo em uma praia e em um hotel, quando de repente, são surpreendidas com a água se voltando contra a terra.

No longa não é diferente. Enquanto todos relaxam na piscina do resort após as festividades de Natal, um tsunami de proporções devastadoras atinge a costa, fazendo com que a família principal se separe em meio à tragédia. As cenas e o contexto das duas histórias são semelhantes.
Diante disso, a Globo decidiu fazer uma espécie de “boicote” à trama da Record. O público se surpreendeu com a escalação do filme O Impossível justamente neste domingo (19), dois dias antes da estreia da concorrente. Quem assistiu o filme percebeu as semelhanças logo de cara.
A seguir, confira as imagens e compare-as.

Chamada de Apocalipse:

Cena de O Impossível:

Será que foi coincidência?
SAIBA MAIS SOBRE ISSO:

sábado, 18 de novembro de 2017

TVI Vídeos

APÓS EPISÓDIO RACISTA: William Waack perde segunda palestra após polêmica

O âncora do Jornal da Globo William Waack, ainda está colhendo o que plantou há um ano atrás e só veio à tona nos últimos dias. O vídeo dele fazendo um xingamento racista nos bastidores do Jornal da Globo está o fazendo ser excluído de palestras as quais ele foi convidado. Com isto, além de ter que lidar com o afastamento da TV, ele também está sofrendo com a rejeição em eventos, que contavam com sua credibilidade e respeito para compartilhar conhecimento com as pessoas.

De acordo com informações do Fama ao Minuto, a empresa Dow AgroSciences foi a segunda que cancelou a participação de Waack em uma palestra. Eles contariam com o global no evento, mas mudaram de ideia assim que o escândalo se instaurou. Segundo representantes da empresa, a atitude do jornalista não vai de concordância com a política deles.
SAIBA MAIS SOBRE ISSO:

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

TVI Vídeos

CADA VEZ PIOR: Justiça de Nova York mostra caminho de propina da Globo


Nas reportagens que tem feito sobre o escândalo Fifa, em que é acusada de participar de um esquema de propinas de R$ 50 milhões para garantir direitos de exclusividade nas Copas do Mundo de 2026 e 2030, e também em torneios sul-americanos, a Globo tem afirmado que o delator Alejandro Burzaco, da empresa Torneos y Competencias, não esclareceu como a propina teria chegado às mãos do cartola argentino Julio Grondona, já falecido, que negociava os direitos de transmissão.

Nada mais falso. A ata do depoimento de Burzaco em seu segundo dia de depoimento, ocorrido nesta quarta-feira 15, foi obtida pela reportagem do 247 e mostra com clareza como dinheiro saiu do caixa da Globo e parou nas contas de Grondona. "Os direitos foram transmitidos à Teleglobo no Brasil. Para isso, a T&T Netherlands recolheria da Teleglobo e usaria parte dos fundos da T&T Netherlands para pagar subornos", disse Burzaco. Ele afirma ainda que os direitos de transmissão foram negociados abaixo do valor real de mercado, justamente para que houvesse espaço para propinas.

Em seu depoimento, em que a Globo é citada 14 vezes, ele também detalha propinas pagas a José Maria Marin e Marco Polo del Nero, o ex e o atual presidente da Confederação Brasileira de Futebol. Só na Copa América de 2015, o equivalente a R$ 10 milhões teria sido pago à dupla e a Ricardo Teixeira, que os antecedeu no cargo. Marin é citado 32 vezes no documento desta quinta-feira 16 – Del Nero aparece em 41 citações.

Burzaco também afirma que a T&T Netherlands foi criada na Holanda justamente com o propósito de pagar propinas.

Confira, abaixo, a íntegra do documento:
SAIBA MAIS SOBRE ISSO:
TVI Vídeos

ASSISTA: Vídeo mostra Silvio Santos fechando porta na cara de Carlinhos Aguiar


Carlinhos Aguiar e Silvio Santos Foto: Reprodução de cena de 'Programa Silvio Santos' (2017) / SBT

Após ter sido demitido do SBT no início desta semana, Carlinhos Aguiar, presença frequente no Programa Silvio Santos, especialmente nos quadros Jogo dos Pontinhos, tendo inclusive ido ao ar no último domingo, 12, procurou seu ex-patrão para falar sobre o fato.

Aguiar foi até a frente do estabelecimento onde trabalha o cabeleireiro Jassa e Silvio tem o costume de ir, ao lado de seu filho. Ao ver o dono do SBT, Carlinhos foi em sua direção e tentou conversar. Apesar de terem trocado algumas palavras, logo em seguida, Silvio dá as costas e entra no local, sem dar muita atenção para Aguiar, que, desanimado, foi embora assim que Silvio fechou a porta.

Em entrevista ao portal Uol, Aguiar relatou o que teria sido dito no diálogo:

"Oi Carlos, bom dia. Você está fazendo o que aqui?", perguntou Silvio ao sair do carro. De acordo com o humorista, ele não pretendia pedir o emprego de volta, mas sim entender os motivos de sua demissão: "'Ele falou: 'Não tenho nada a ver com isso, não é comigo, foram 'eles'. Resolva com 'eles'. [...] Eu queria falar mais sobre o convênio médico para poder cuidar da minha mulher, mas não deu tempo".

Confira o vídeo do momento abaixo:


Estadão
SAIBA MAIS SOBRE ISSO:

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

TVI Vídeos

VAZOU O VÍDEO: Racismo de William Waack gera escândalo e faz TV Globo afastar o jornalista


Um vídeo que circulou nas redes socais nesta quarta-feira em que o apresentador William Waack, do Jornal da Globo, aparece fazendo comentários racistas terminou com o afastamento do jornalista da programação da emissora. Em nota, a TV Globo diz que o âncora do Jornal usou "ao que tudo indica" termos racistas. O grupo afirma ser “visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações” e, por isso, toma a decisão do afastamento até que a situação esteja esclarecida”.

As imagens do vídeo são da campanha eleitoral dos Estados Unidos em 2016. Minutos antes de entrar ao vivo ao lado do entrevistado Paulo Sotero, do Wilson Center, Waack xinga um carro que estava buzinando na rua, vira-se para o convidado do programa e afirma duas vezes em tom baixo que o barulho na rua é coisa de “preto”. Depois de reclamar das buzinadas, o apresentador diz: "Você é um, não vou nem falar, eu sem quem é...". E depois, virando-se para o convidado diz: "É preto".

Várias versões do vídeo foram divulgadas ao longo do dia. Em algumas, o comentário do jornalista é pouco audível, em outras é mais claro. O entrevistado Paulo Sotero, que representa um centro de pesquisas internacionais, procurado pelo site BuzzFeed, diz não se lembrar do dia em questão e que repudia qualquer forma de racismo.
No começo deste ano, a TV Globo já afastou o ator José Mayer, acusado de assédio sexual durante as filmagens de uma novela. O afastamento aconteceu depois de uma campanha massiva nas redes e também por parte de funcionárias da emissora. Desta vez, o posicionamento veio mais rápido. Depois do vídeo viralizar, a emissora soltou a nota abaixo.

NOTA DE AFASTAMENTO DE WILLIAM WAACK

"A Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida.
Nele, minutos antes de ir ao ar num vivo durante a cobertura das eleições americanas do ano passado, alguém na rua dispara a buzina e, Waack, contrariado, faz comentários, ao que tudo indica, de cunho racista. Waack afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza, mas pede sinceras desculpas àqueles que se sentiram ultrajados pela situação.
William Waack é um dos mais respeitados profissionais brasileiros, com um extenso currículo de serviços ao jornalismo. A Globo, a partir de amanhã, iniciará conversas com ele para decidir como se desenrolarão os próximos passos"

SAIBA MAIS SOBRE ISSO:

sábado, 4 de novembro de 2017

TVI Vídeos

E AGORA: “Tem que ter estômago” diz ex-apresentadora sobre Silvio Santos

Durante participação no “Programa do Porchat”, nessa quinta-feira (2/11), Mariane Dombrova, apresentadora de atrações infantis do SBT entre 1989 e 1991, e Jackeline Petkovic, que estreou na TV com o programa “Fantasia”, falaram sobre a relação com Silvio Santos. As lembranças das duas não são nada boas.

Porchat iniciou a discussão perguntando se Silvio “é maluco”. Mariane concordou imediatamente, revelando que o dono do SBT está cada vez pior. “Não interessa contrato: se ele quer, coloca, se não quer, tira. Tem que ter estômago e ser forte para aguentar”, confessou.
Mariane falou, também, sobre sua demissão do SBT, dizendo que havia cortado o cabelo estilo “Joãozinho” e que quando Silvio a viu, nem quis cumprimentá-la. “Gravei mais uma semana e, no dia do meu aniversário, veio um telegrama com minha demissão. Se o cabelo foi uma coincidência ou não, não sei”, afirmou.

Apesar da demissão, a ex-apresentadora contou que sua vida artística estava em alta naquela época, e que logo foi chamada para a CNT Gazeta e Record. “Quando saí da TV, eu me formei em letras e dei aula para a 7ª e a 8ª série. Os alunos não me reconheciam, só os pais”, disse.

Sobre a atração “Fantasia”, Jackeline contou que, no camarim, “era um chulé absurdo” devido às 90 meninas que usavam tênis sem meia. Ela, que também apresentou o “Bom Dia & Cia” entre 1998 e 2003, disse que o orçamento do programa era reduzido. “A gente fazia milagre, tinha que usar a imaginação, ser criativo”, falou.
SAIBA MAIS SOBRE ISSO:

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

TVI Vídeos

Juiz dá 48 horas para ator pornô Alexandre Frota e MBL apagar postagens sobre Caetano

O ator pornô e o MBL (Movimento Brasil Livre) acusavam o cantor de ter cometido ato de pedofilia com a ex-esposa Paula Lavigne

Uma liminar, expedida nessa terça-feira (31/10), determina que o ator Alexandre Frota e os integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL) – Kim Kataguiri, Renan dos Santos e Vinicius Aquino – retirem das redes sociais suas publicações sobre suposta pedofilia na relação entre Caetano Veloso e Paula Lavigne. A decisão foi dada pelo juiz Bruno Arthur Mazza Vaccari Machado Manfrenatti, da 50ª Vara Cível do Rio.


Os réus têm 48 horas para excluir as mensagens, sob pena de multa diária de R$ 10 mil. Na decisão, o juiz ressalta que as publicações afirmavam que Caetano teria praticado atos de pedofilia e que ele e Paula “apoiam a pedofilia e integram uma gangue”. De acordo com o magistrado, Alexandre Frota e os integrantes do MBL feriram a intimidade e a dignidade do cantor e da empresária.

A seguir, verificando as publicações indicadas pelos demandantes na petição inicial, é possível extrair, em exame superficial, que foram dirigidas ofensas difamatórias e caluniosas às pessoas dos requerentes, o que traduz, a princípio, abuso do direito à livre expressão/manifestação conferido pela Constituição Federal”, destacou.
SAIBA MAIS SOBRE ISSO:
TVI Vídeos

Cineasta é o terceiro a acusar Kevin Spacey de assédio sexual

O cineasta Tony Montana também acusou Spacey de lhe apalpar num bar em Los Angeles em 2003. “Eu fui ao bar pedir um drink e Kevin chegou em mim e me abraçou”, disse ele ao site Radar. “Ele estava me dizendo para ir com ele, para outro lugar. Ele colocou a mão nas minhas partes íntimas e me apalpou.”

Montana diz então que Spacey, que aparentava estar bêbado, disse que isso significava “posse”. Montana disse que saiu sem responder, mas que Spacey lhe seguiu até o banheiro. “Eu o empurrei, um dos seus amigos apareceu e eu disse que era hora de ir embora.”

As novas acusações aparecem dois dias depois de Anthony Rapp revelar ter sido assediado por Kevin Spacey em uma festa ocorrida em 1986. Rapp tinha então 14 anos, e Spacey, 26.

O ator mexicano Roberto Cavazos também afirmou ter sido assediado pelo astro. No Facebook, ele afirmou o ter encontrado num bar de um teatro em Londres, do qual Spacey foi diretor artístico até 2015, e que o ator tentou lhe apalpar contra sua vontade.

“Era a coisa mais comum esse cara tentar apalpar qualquer um que aparecesse. Eu não suportei, mas conheço algumas pessoas que estavam receosas de parar”, escreveu.

Em suas redes sociais, o ator de House of Cards pediu desculpas e disse que “hoje vive como um homem gay”, mas o pedido repercutiu muito mal na comunidade artística.
SAIBA MAIS SOBRE ISSO: